A lista de habilidades de um gestor financeiro não é pequena. Em contrapartida, adquirir esses conhecimentos certamente vai fazer de você um dos profissionais mais requisitados do mercado.

Praticamente todo empresário, diretor ou gerente tem o mesmo objetivo para o negócio: manter os custos sob controle e maximizar os ganhos. Para realizar essa tarefa desafiadora em um mercado tão acirrado, as habilidades de um gestor financeiro se tornam essenciais.

Esse é o profissional que vai supervisionar as atividades de controladoria, gestão de custos, planejamento tributário, entre outras. Todas elas são fundamentais para garantir a rentabilidade e a idoneidade da companhia.

Por isso, as exigências para o cargo não costumam ser baixas. A boa notícia é que um bom profissional nessa área é muito valorizado pelo mercado. Está pensando em se tornar um deles? Então, confira agora as 10 habilidades indispensáveis para um gestor financeiro!

1. Capacidade analítica

É impossível falar em finanças sem mencionar números, relatórios e balanços. Portanto, a primeira característica do gestor financeiro é a capacidade de analisar esses dados e extrair conclusões rapidamente.

Nesse sentido, o raciocínio lógico e a capacidade analítica serão grandes amigos do profissional que escolher essa área. Com essas habilidades, ele será capaz de usar os dados para tomar decisões rápidas e acertadas — o que é essencial para uma área dinâmica como o departamento financeiro.

2. Perfil de liderança

Entre as habilidades de um gestor financeiro que estamos citando, perfil de liderança não é uma exclusividade de quem quer trabalhar no setor, mas vale para qualquer profissional que deseja gerenciar uma equipe.

O perfil de liderança vai garantir um bom relacionamento com a equipe e inspirar neles o desejo de renderem o máximo possível e contribuir para a equipe.

As habilidades de um bom líder podem ser aprendidas e exercitadas. Por isso, se você ainda não tem essa competência, busque treinamentos, leia sobre o tema e se inspire em outros líderes.

3. Disciplina

A área financeira é sempre uma parte delicada da empresa e, para que ela funcione bem, a equipe precisa ser disciplinada. O gestor financeiro e a sua equipe precisarão planejar bem as finanças e definir uma série de procedimentos para as atividades do setor.

Tanto o planejamento quanto as regras criadas precisam ser seguidos por todos e uma política de controle deve ser implementada para garantir isso. É preciso lembrar sempre que qualquer inconsistência pode gerar prejuízos e isso é, definitivamente, a última coisa que um gestor financeiro quer.

Portanto, comece a exercitar sua capacidade de planejamento e a disciplina para seguir regras e procedimentos.

4. Foco nos resultados

Nem precisamos dizer que o gerente financeiro carrega uma grande pressão por resultados e, frequentemente, tem diversas metas a serem alcançadas. Por esse motivo, um bom gestor financeiro precisa ser capaz de manter o foco nos resultados, independentemente de eventuais contratempos.

Isso significa que esse gestor precisará medir e acompanhar os resultados pessoais e da equipe constantemente e, sempre que necessário, atuar para minimizar os erros e maximizar os acertos.

5. Aptidão para comunicação e negociação

É bem provável que não exista uma única área em um negócio que eventualmente não tenha que lidar com o gestor financeiro. Isso porque qualquer atividade, investimento, pagamento, recebimento ou projeto precisará de recursos financeiros mais cedo ou mais tarde.

Nesse contexto, boas habilidades de comunicação e de negociação também são cruciais para um gestor. Isso vale tanto para lidar com os colegas quanto para tratar com clientes e fornecedores.

Manter bons relacionamentos com eles e conseguir negociar sempre que necessário vai facilitar a vida do gestor financeiro e trazer resultados melhores para ele e para o negócio.

6. Profundos conhecimentos na área de tributos

Entrando nos conhecimentos mais técnicos, a área de tributos é uma das mais relevantes. Nós sabemos que os impostos representam uma boa parcela dos custos de qualquer negócio e que a legislação tributária brasileira pode ser confusa.

Portanto, saber escolher o regime tributário correto e encontrar formas de garantir que os impostos sejam pagos corretamente, sem onerar mais do que o necessário, são algumas das funções mais esperadas dos gestores financeiros. É claro que o gestor não vai fazer todo o trabalho sozinho, mas ele precisa entender do assunto.

7. Know-how em gestão de custos

Além dos tributos, outros custos como folha de pagamento, viagens, transporte, contratações de serviços, e assim por diante, também precisam ser bem geridos. Frequentemente, o gestor financeiro terá a missão de controlar e reduzir esses custos.

Por isso, o know-how em controle de custos também será demandado. Aprenda sobre fluxo de caixa, precificação, orçamento, gestão de despesas e outros temas relevantes nesse aspecto.

8. Boas noções de políticas de compliance

Outro conceito que ganha cada vez mais atenção no mundo corporativo é o compliance — um conjunto de estratégias e ações adotadas para garantir que uma empresa e seus funcionários atuem de acordo com as normas e leis.

Obviamente, o compliance afeta diretamente muitos procedimentos do setor financeiro. Pensando nisso, o gestor financeiro deve ser uma das principais referências desse tema, fornecendo apoio ao desenvolvimento e à aplicação das políticas de compliance.

9. Habilidades na área econômica

Pensando em um cenário mais amplo, noções básicas de economia ajudarão o gestor financeiro a observar os movimentos do mercado e a entender como eles influenciam o negócio.

Esses conhecimentos podem respaldar decisões estratégicas, que ajudarão o negócio a se manter alinhado com o mercado.

Além disso, conhecimentos em áreas básicas como balanços financeiros, gestão patrimonial, cálculo de lucro e EBITDA, entre outros, sempre fazem parte da rotina do gestor financeiro.

10. Atualização constante sobre tendências e mudanças na área financeira

Por fim, um bom gestor financeiro é aquele que entende que conhecimento nunca é demais. Existe sempre algo para ser aprendido e mudanças para serem acompanhadas. Por isso, o gestor precisa ficar de olho e se manter atualizado.

O gestor financeiro, como qualquer outro profissional, precisa se motivar para buscar melhorar constantemente, aprender sempre e almejar o crescimento pessoal. Com esse perfil, o profissional tem tudo para se destacar e ser visto como uma peça importante do negócio.

Portanto, a lista de habilidades de um gestor financeiro não é pequena. Em contrapartida, adquirir esses conhecimentos certamente vai fazer de você um dos profissionais mais requisitados do mercado.

E então, gostou de conhecer mais sobre as habilidades necessárias para um gestor financeiro? Compartilhe o texto nas suas redes sociais e conte sobre elas para os seus colegas!

Escreva um comentário