Categoria

Gestão

Categoria

Relacionamento com fornecedores: 7 dicas para alcançar bons resultados

Manter um bom relacionamento com fornecedores é essencial para garantir que o seu negócio entregue o melhor produto e serviço para o seu cliente. Por isso, há muitos elementos a se considerar antes de fechar um contrato com um parceiro comercial.  Neste artigo, vamos explicar o que você deve buscar em um fornecedor e, ainda, dar dicas de como manter um bom relacionamento com seus parceiros. Ficou interessado? Então continue lendo! Entenda o que você deve procurar em um fornecedor A escolha do fornecedor é muito importante para a sua empresa. A imagem da companhia estará, de certa forma, atrelada à do seu parceiro. Confira abaixo três cuidados fundamentais na hora de fechar uma parceria comercial. Boa reputação no mercado É importante que o seu fornecedor tenha uma boa reputação no mercado. Afinal, você não deseja que o seu cliente adquira um produto de má qualidade ou que você falhe na prestação…

Aceleradora de empresas: como funciona uma e como acelerar a sua?

Você sabe o que é uma aceleradora de empresas e como ela pode ajudar o seu negócio a crescer? Será que esse tipo de incentivo tende a fazer uma real diferença na economia de sua organização? Como funciona esse processo, afinal? Levando a importância do tema em consideração, preparamos este artigo. Ao longo do post, você entenderá por quais razões a sua empresa deve ser acelerada e o que deve ser feito para conseguir esse apoio. O que é uma aceleradora de empresas? Em termos bastante resumidos, as aceleradoras empresariais dão suporte para os times de uma outra organização. A fomentação se manifesta de diferentes formas, da injeção financeira ao oferecimento de consultorias, à aplicação de treinamentos e à participação em eventos, por exemplo. Não à toa, elas em muito se assemelham às incubadoras de empresas, mas têm metodologias mais complexas e não são necessariamente voltadas às micro e pequenas.…

Ambição profissional: ser ambicioso é uma característica boa ou ruim?

Muitas vezes confundida erroneamente com ganância, a ambição é um forte e genuíno desejo de se conquistar ou fazer algo e costuma demandar dedicação e trabalho duro. A ganância, por sua vez, refere-se a um desejo intenso e egoísta pelas coisas, especialmente por riqueza ou poder. Ser ambicioso, portanto, é algo totalmente legítimo, pois está associado a um crescimento saudável, que vai além da própria pessoa, pois preocupa-se com os outros à sua volta. Ser ganancioso, por outro lado, em vez de impulsionar as pessoas, está ligado à falta de escrúpulos e, não raro, prejudica quem é que esteja por perto. Neste post, vamos mostrar que ser ambicioso é, de fato, uma coisa boa, ao contrário do que muita gente pensa. Afinal, quando a ambição tem uma conotação ruim, é porque ela é confundida com ganância. Além disso, vamos destacar as características dos ambiciosos e falar da sua importância para…

Como ser um bom líder? Veja 6 habilidades necessárias

A liderança empresarial é uma atividade repleta de desafios, não é mesmo? Não é por acaso, muitas habilidades e conhecimentos técnicos são necessários para quem ocupa essa função dentro de uma organização. Afinal, como ser um bom líder? Quais são as características que a posição exige? Levando a importância do tema em consideração, preparamos este artigo com a finalidade de enumerar algumas das competências mais úteis para aqueles que lideram ou pretendem liderar outras pessoas em suas carreiras. Ao longo deste post, você entenderá como esses traços ajudam em sua trajetória profissional e também no desenvolvimento do negócio no qual você atua. Boa leitura! 1. Automotivação Você já ouviu dizer que existem muitos chefes por aí, mas que poucos são verdadeiros líderes? Isso se deve, em grande parte, à capacidade de se automotivar — alguém que não consegue motivar a si mesmo dificilmente trará motivação para os que estão ao…

Veja 4 maneiras de promover ganho de escala no seu negócio!

A liderança empresarial exercida por muitos gestores é repleta de desafios, concorda? Não por acaso, quem ocupa esses cargos está constantemente em busca de melhorias para o negócio no qual atua. Nesse contexto, como será que o ganho de escala pode ajudar? Quais são as melhores maneiras de promovê-lo? Levando essas questões em consideração, elaboramos este texto. Durante a leitura, explicaremos como a sua empresa pode se beneficiar desses ganhos e o que deve ser feito para garanti-los sem cometer erros. Confira! O que é ganho de escala ou economia de escala? Em suma, a economia de escala é caracterizada pela redução do custo médio de produção conforme há um crescimento na quantidade de produtos produzidos. O objetivo é vender constantemente com o menor custo possível Quando isso ocorre, pode-se dizer que a empresa se tornou escalável ou ganhou escala. Startups e organizações em estágio inicial podem se beneficiar muito…

Entenda a diferença entre despesas, gastos e custos

Com a correria frequente na maior parte das indústrias e escritórios, fica cada vez mais complicado monitorar a gestão financeira do negócio, não é mesmo? As agendas cheias e a urgência em tomar decisões em alta velocidade induzem os líderes a erros no gerenciamento de despesas, gastos e custos. Muita gente pensa que essas movimentações são todas iguais, o que não é verdade. Cada um desses aportes financeiros recebe uma classificação distinta e deve ser contabilizado de modo diferente no seu fluxo de caixa. Ao dominar esses conceitos, será bem mais fácil estimar os investimentos necessários, somar as perdas e controlar os desperdícios. Na prática, conseguir diferenciar essas 3 espécies de desembolsos vai afetar seu planejamento econômico, principalmente a precificação, crucial para qualquer atividade. Quer saber mais? Então, veja neste post como detectar e contabilizar cada uma dessas saídas de recursos. Acompanhe! Conheça a definição de gastos A definição de…

Viagens corporativas: 6 passos para aumentar os resultados

A tecnologia trouxe muitas vantagens e economia para as empresas, mas nem sempre se pode contar com ela para encurtar distâncias e garantir a comunicação. Muitas vezes, ainda é preciso investir em viagens corporativas para encontrar pessoalmente os clientes e consolidar negócios, ou mesmo participar de treinamentos e eventos empresariais. Os gastos com essas viagens pesam no orçamento de muitas organizações, por isso é importante gerir a relação de custo-benefício. Embora seja impossível garantir que toda viagem seja bem-sucedida e traga lucros para a empresa, é possível otimizar os processos para buscar o máximo ROI (Return on Investment ou, em português, retorno sobre investimento). Veja boas práticas que podem alavancar os resultados da sua empresa: 1. Apostar no aluguel de carros Um dos gastos na viagem corporativa está relacionado ao transporte do funcionário pela cidade. O aluguel de um carro é uma solução interessante para o gestor, pois permite maior…

Depreciação de veículos: como influencia nos seus custos?

O primeiro pensamento a passar pela cabeça de todo gestor, que seja responsável por um projeto presente em todo o país, é comprar um veículo para facilitar o deslocamento de colaboradores entre as sedes da empresa ou entre os locais em que o trabalho precisa ser realizado. No entanto, depois que o gestor compra os veículos, pode ser surpreender com um verdadeiro banho frio dado pela realidade — “carro é uma segunda família”, como diz a expressão popular. Isso significa que manter um automóvel geralmente custa muito mais caro do que as pessoas imaginam. Para ajudar você a evitar surpresas desagradáveis, no post de hoje vamos falar sobre um assunto muito importante, mas também muito negligenciado no dia a dia: a depreciação de veículos. Quer saber o que isso significa e como ela impacta nos custos da sua empresa? Confira a seguir! O que é a depreciação de veículos? Assim como outros…