O porte da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) é obrigatório para todos os condutores. Quem é pego dirigindo sem o documento, por exemplo, terá o veículo retido até a apresentação de um motorista habilitado, além de levar multa e três pontos no prontuário.

Em diferentes casos, a CNH digital pode ser bastante interessante para uma empresa, pois evita prejuízos com a fiscalização. Afinal, além do valor gasto com multas e taxas de pátio — que podem ser cobradas, caso tenham culpa nas infrações — há as perdas relacionadas aos automóveis parados, atrapalhando a produtividade da organização.

Ainda, será preciso encontrar alternativas para a substituição rápida da unidade indisponível, se não houver essa previsão no contrato de aluguel da frota. Assim, incentivar os condutores a adotarem essa possibilidade é uma boa prática para quem realiza a gestão dos veículos corporativos alugados.

Se o seu negócio ainda não utiliza essa nova modalidade do documento, confira neste post mais informações sobre a CNH digital para empresas e saiba quem tem direito a ela.

O que mudou com a carteira de habilitação digital?

Desde julho de 2018, passou a ser obrigatório aos Departamentos de Trânsito (Detran) dos estados e do Distrito Federal oferecer e aceitar a CNH digital como documento oficial e prova de capacitação para a condução de veículos. No entanto, todas as unidades federativas já haviam se adiantado, disponibilizando-a desde abril do mesmo ano.

Dessa forma, a carteira de habilitação pode ser levada no próprio dispositivo móvel do motorista por todo o território nacional, dispensando o documento físico. Mas o que mudou, afinal, com a chegada do novo documento? Abaixo, separamos algumas das dúvidas mais comuns sobre o assunto.

O que é a CNH digital?

A CNH digital é uma versão eletrônica da Carteira Nacional de Habilitação, tendo a mesma validade que a de papel, tanto para fiscalizações de trânsito como em quaisquer outras situações nas quais seja exigido um documento oficial de identificação com foto.

A CNH digital é obrigatória?

A emissão e o porte da CNH digital são opcionais. Ela foi pensada para facilitar a vida dos condutores, tornando mais fáceis e simples o porte e a apresentação do documento de habilitação, e não para ser algo a mais para se lembrar de levar ao dirigir um veículo.

Quem pode tirá-la?

Todos os brasileiros ou estrangeiros que tenham em seu nome uma Carteira Nacional de Habilitação e um número de registro no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) da Receita Federal. É importante destacar que somente os condutores que já tiverem o modelo mais recente da CNH física (emitido a partir de maio de 2017), com QR Code, podem solicitar o documento digital.

A carteira de habilitação física vai deixar de existir?

A Carteira Nacional de Habilitação de papel continuará a ser emitida da mesma forma. Assim, o porte de qualquer uma das duas versões é suficiente para comprovar a regularidade da habilitação para dirigir.

Qual o custo da CNH digital?

Segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), são os Departamentos de Trânsito (Detran) estaduais e do Distrito Federal os responsáveis pela emissão e disponibilização da CNH digital. Portanto, cada órgão deve dizer se há algum custo para obter a versão eletrônica ou não.

O que fazer se a pessoa perder o acesso ao celular cadastrado?

Caso o celular seja roubado, furtado ou, simplesmente, extraviado, a CNH digital pode ser bloqueada naquele aparelho. Para isso, basta acessar o Portal de Serviços do Denatran.

Como deu para perceber, a CNH digital foi criada para deixar o dia a dia dos motoristas mais prático, bem como agilizar as fiscalizações. Para as empresas, ela se mostra interessante por tornar mais fácil, para os condutores, manterem-se na legalidade. Confira, no próximo tópico, como solicitar a versão eletrônica do documento.

Como obter o documento digitalizado?

Incentivar o uso da CNH digital pelos motoristas dos veículos corporativos é uma boa prática para os gestores, mas são os condutores que devem decidir entre terem o documento eletrônico em seus celulares ou não. Da mesma forma, também são eles os responsáveis por se cadastrarem e solicitarem a emissão da versão eletrônica, informando seus dados corretamente.

Cada aparelho smartphone só pode conter uma versão da CNH digital. Para ativá-la em outro dispositivo, é preciso bloquear o anterior. Portanto, é ideal informar ao quadro de funcionários sobre a facilidade em obter a habilitação digital e suas vantagens. A seguir, elaboramos um passo a passo de como solicitar o documento.

Cadastrar-se no site do Denatran

O primeiro passo é entrar no Portal de Serviços do Denatran e cadastrar-se. Após o preenchimento do formulário, será enviado um link por e-mail para a ativação do cadastro.

Confirmar a identidade no Detran local

O segundo passo é a ida ao Detran estadual de origem da CNH impressa para confirmar os dados e a identidade do cadastro. Quem tem um certificado digital no computador pode fazer esse procedimento pela internet.

Baixar o app da CNH digital

É nessa etapa que o aplicativo da CNH digital deve ser baixado para o smartphone com sistemas da Apple ou Android. O app oficial, único com validade e segurança, é do Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados).

Acessar a internet para baixar o documento

Com o aplicativo instalado, acesse a internet para validar o documento no celular. Depois disso, não será mais necessário o acesso online para apresentar a CNH digital, apenas o uso da senha.

Quais as vantagens da CNH digital para empresas?

A CNH digital, além de propiciar maior comodidade para quem vai dirigir, pode trazer outros benefícios para as empresas que incentivam seus motoristas a utilizarem-na. Saiba quais são eles a seguir:

Substitui a CNH física

Com a CNH digital, os condutores têm uma segunda opção para apresentar no caso de uma fiscalização. Isso deve reduzir as despesas da empresa com multas e apreensões dos veículos corporativos, além de suspensões dos motoristas.

Também pode ajudar a melhorar a produtividade da frota, aumentando a disponibilidade das unidades e dos colaboradores.

Permite o compartilhamento do documento digital

O aplicativo oficial da CNH digital permite a criação de um documento do tipo PDF para compartilhá-la por e-mail ou pelo aplicativo de mensagens WhatsApp. Como esse documento também tem validade oficial, pode agilizar situações em que a comprovação de identidade do motorista seja necessária, mesmo se ele estiver em um local distante.

Economia com autenticações e cópias

As CNHs digitais podem ser usadas como documentos oficiais de identidade com foto, trazendo número do Registro Geral (RG) e do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) dos condutores. Assim, o PDF compartilhado substitui cópias autenticadas em quaisquer situações que sejam necessárias, já que sua autenticidade é confirmada por meio de assinatura digital e do QR Code.

Neste artigo, você pôde perceber como a CNH digital para empresas pode ser vantajosa. Afinal, ao facilitar o porte e a apresentação do documento de habilitação pelos condutores dos carros corporativos, auxilia na redução das despesas com fiscalização e dos prejuízos com unidades veiculares indisponíveis.

Gostou deste post? Quer mais dicas de gestão e aluguel de veículos? Então, assine nossa newsletter e receba as novidades do blog em seu e-mail!

Escreva um comentário