A liderança empresarial exercida por muitos gestores é repleta de desafios, concorda? Não por acaso, quem ocupa esses cargos está constantemente em busca de melhorias para o negócio no qual atua. Nesse contexto, como será que o ganho de escala pode ajudar? Quais são as melhores maneiras de promovê-lo?

Levando essas questões em consideração, elaboramos este texto. Durante a leitura, explicaremos como a sua empresa pode se beneficiar desses ganhos e o que deve ser feito para garanti-los sem cometer erros. Confira!

O que é ganho de escala ou economia de escala?

Em suma, a economia de escala é caracterizada pela redução do custo médio de produção conforme há um crescimento na quantidade de produtos produzidos. O objetivo é vender constantemente com o menor custo possível

Quando isso ocorre, pode-se dizer que a empresa se tornou escalável ou ganhou escala. Startups e organizações em estágio inicial podem se beneficiar muito dessas condições, já que crescem em termos de produtividade.

A ideia é que não haja aumento no custo de produção e que o estoque disponível seja maior. Assim, a tendência é ter produtos com valores finais mais baratos. Portanto, para traçar um planejamento preciso e fazer esse cálculo, é necessário considerar fatores relacionados à fabricação, como:

  • mão de obra;
  • matéria-prima;
  • equipamentos e máquinas.

Vamos a um exemplo para entender como isso tudo funciona na prática? Imagine que você faz sacolas reutilizáveis. Para produzir 10 dessas sacolas, há um gasto total de R$100,00. Depois de um ganho de escala, você passou a fazer 50 por R$300,00. Consequentemente, mesmo sem subir os preços, os lucros aumentam.

Como a empresa pode se beneficiar dos ganhos de escala?

O primeiro e mais evidente benefício é a possibilidade de reduzir custos de forma significativa e, paralelamente a isso, como mostramos no tópico anterior, ver os lucros aumentarem.

A partir de um custo médio de produção por unidade menor, é perfeitamente viável oferecer preços mais competitivos para o consumidor e, com isso, alavancar as vendas.

Com os ganhos, também surge a possibilidade de garantir um bom estoque. Afinal, compras mais expressivas podem implicar uma média de preços menor com os fornecedores. De qualquer forma, é indispensável fazer uma avaliação do potencial real de venda em um prazo adequado, ok? Isso evita que as grandes aquisições deixem de ser uma economia e se transformem em um prejuízo.

Vale lembrar que a escalabilidade não se aplica apenas à produção e também pode ocasionar redução de gastos na distribuição, no marketing, no setor financeiro, na mobilidade e assim por diante.

4 ações que podem elevar os ganhos de escala

1. Descentralizar, planejar e padronizar

Antes de tudo, é fundamental ter indicadores e processos bem definidos e mapeados à disposição. Para chegar a esse ponto, é imprescindível pensar na descentralização da gestão e no estabelecimento de algumas regras.

O planejamento de etapas para ganhar escala também é relevante, assim como a padronização da produção, que consiste em produzir o mesmo produto ou prestar o mesmo serviço sem a necessidade de revê-los em termos de design, patentes e outros detalhes.

Além disso, não se esqueça de considerar que essa transição é mais difícil para negócios ainda pequenos, sendo mais indicada para empresas que já conseguiram inserir suas marcas no mercado.

2. Analisar o custo marginal

O custo marginal é o aumento do custo para a produção de um determinado bem ou serviço adicional. Ele é um dos primeiros passos para identificar se as ações direcionadas à economia de escala estão surtindo o efeito esperado. É recomendável deixar essa tarefa nas mãos de um gestor financeiro, uma das figuras mais participativas de todo processo.

3. Aumentar o rendimento

Para que a produção cresça com custos menores, o foco deve recair no aumento da capacidade de produção de máquinas, pessoas e equipamentos. Nesse sentido, todas as possibilidades de automação devem ser analisadas, já que podem trazer melhoras significativas para a produtividade.

4. Terceirizar atividades

Há uma série de atividade e áreas internas da empresa que podem ganhar em eficácia por meio da terceirização — é uma forma de diminuir os custos e, ao mesmo tempo, garantir que elas serão desempenhadas por especialistas.

A substituição de uma frota própria pelo aluguel de veículos é um dos casos que melhor retrata esse cenário.

A WebCorp, por exemplo, é uma ferramenta online para empresas que desejam ser mais produtivas e obterem ganhos de escala relevantes. Por ela, as solicitações de reserva de carros se tornam mais ágeis e podem ser feitas em qualquer dispositivo (celular, tablet e computador).

Além disso, os gestores têm acesso a relatórios gerenciais completos que possibilitam um total controle de custos e o acompanhamento em tempo real de:

  • faturas;
  • multas;
  • locações.

A Localiza Hertz ainda oferece planos de aluguel mensal, que são perfeitos para adequar a relação entre demanda e entrega, e aproveitar a sazonalidade para gerar mais oportunidades.

A negociação é flexível conforme o tempo de uso e as retiradas e devoluções podem ser escolhidas de acordo com a sua necessidade no momento da reserva. O atendimento 24 horas pode fazer a diferença em diversas situações, assim como a disponibilidade de manutenção constante.

Enfim, terceirizações desse tipo são bem-vindas principalmente quando se tratam de custos fixos, ou seja, você sabe o quanto vai investir do começo ao fim do serviço.

Cuidados e riscos que devem ser observados para ganho de escala

Conforme mencionado ao longo do texto, há uma série de cuidados que não podem ser deixados de lado por empresas que visam à economia de escala. As compras em grande quantidade e a gestão do estoque representam sérios riscos quando não são meticulosamente planejadas.

Uma pesquisa conduzida por acadêmicos da PUC-Rio, por exemplo, ajuda a entender por quais motivos as organizações de pequeno porte não estão preparadas para a transição. De acordo com os autores, há “complexas questões a serem enfrentadas” durante esse processo, como os altos custos, os problemas técnicos que se apresentam no meio do caminho, a necessidade de integração e automação etc.

Apesar de inspirar muita atenção, o ganho de escala é uma excelente forma de fazer com que sua empresa se expanda e alcance resultados melhores. Portanto, não se esqueça desses cuidados e prepare-se para crescer!

Agora que você já sabe o que precisa ser feito para obter economia de escala, confira quais KPIs de custos você deve acompanhar!

Escreva um comentário