Muitos motoristas não sabem, mas é possível antecipar os problemas dos veículos antes mesmo que eles aconteçam. Para isso, é essencial colocar a manutenção preditiva em prática.

Por meio de ações sistemáticas de controle e monitoramento, esse tipo de manutenção ajuda a reduzir ou impedir falhas no desempenho dos carros e tem o poder de mudar totalmente a maneira como é feita a manutenção da frota.

Quer saber a importância da manutenção preditiva e quais são suas vantagens para o dia a dia? Leia o post até o fim e conheça os motivos para essa opção ser a mais indicada, eficiente e acertada!

Saiba o que é manutenção preditiva

No dicionário, o termo preditivo significa a ação de afirmar, de forma antecipada, o que poderá ocorrer em um momento futuro. Com isso, fazer manutenção preditiva veicular quer dizer acompanhar a situação do carro periodicamente para entender com antecedência quando os serviços de reparo precisam acontecer.

Muito semelhante à preventiva, esse tipo de manutenção se diferencia pelo uso de alta tecnologia e técnicas de inspeção e monitoramento mais avançadas, como o checklist digital, que usa Big Data e Inteligência Artificial para aperfeiçoar a gestão da frota.

Por meio desse trabalho, é possível prever a vida útil dos componentes do carro e descobrir o que é necessário fazer para que esse tempo seja aproveitado da melhor forma possível.

Dessa forma, ela é bastante eficiente para premeditar se é realmente necessário fazer serviços na oficina e eliminar qualquer chance de correções desnecessárias, reduzindo custos e melhorando o desempenho do automóvel em longo prazo.

No entanto, é preciso ficar atento, pois assim como outros tipos de manutenção, a preditiva precisa de uma frequência certa, profissionais especializados e métodos de serviço adequados para ser colocada em prática. Apenas assim é possível assegurar os bons resultados no dia a dia.

Embora seja necessário fazer um investimento alto com ferramentas e tecnologias, como câmeras termográficas e ultrassom, a manutenção preditiva sai mais barata que a preventiva e é muito mais econômica que a corretiva, com um grande custo-benefício, que pode ser visto dentro de poucos meses.

Conheça as vantagens da manutenção preditiva

Como você já deve ter percebido, fazer a manutenção preditiva é muito importante para garantir o bom desempenho de um veículo e poder contar com diversos benefícios no que diz respeito à gestão de frotas. Abaixo, você confere as principais vantagens desse tipo de manutenção.

Evita problemas futuros

Quanto mais cuidados o carro receber, menores serão as chances de apresentar problemas com o tempo, não é mesmo? Afinal, revisões periódicas são fundamentais para diagnosticar avarias e prevenir possíveis danos que venham a aparecer no futuro. Pois essa é a principal vantagem da manutenção preditiva.

Mesmo com as revisões em dia, é claro que algumas falhas podem acabar acontecendo e gerar surpresas desagradáveis na direção. Porém, o risco de que isso aconteça ao fazer esse tipo de manutenção será muito reduzido.

Conserva o carro por mais tempo

Ao identificar problemas antes mesmo que eles aconteçam, é claro que o carro estará sempre bem conservado, com peças e equipamentos em perfeito estado e apresentando um ótimo desempenho nas estradas.

Com isso, podemos dizer que a manutenção preditiva deixa os automóveis com as regulagens sempre adequadas para o seu bom funcionamento e garantem uma maior vida útil do carro, sendo uma das formas mais efetivas de evitar transtornos ao volante. Quanto mais preditivo você for, menos problemas o veículo vai apresentar ao longo dos anos.

Reduz os custos na oficina

Outro importante benefício de colocar a manutenção preditiva em prática é a redução de custos, já que a economia é um dos principais focos desse tipo de manutenção.

Quando um motorista dirige com uma peça quebrada ou funcionando de forma inadequada, problemas que poderiam ser facilmente resolvidos com a manutenção preditiva, ele provavelmente terá que encarar um custo de reparo muito mais alto do que se o defeito fosse identificado antecipadamente.

Com isso, esse modelo de manutenção vai possibilitar ações a serem tomadas no momento certo, antes que os problemas venham a se agravar, evitando prejuízos maiores ou até mesmo a perda do veículo.

Entenda como fazer a manutenção preditiva

A partir de informações fornecidas por um programa de inspeção e monitoramento de desempenho, a manutenção preditiva é feita por meio de quatro análises principais e executada com as ferramentas adequadas.

Assim, é possível prever as futuras manutenções e deixar todos os problemas longe do carro. Quer saber quais são essas análises? Confira abaixo!

1. Análise de vibrações

Quando algumas peças do veículo são colocadas para funcionar, como engrenagens e válvulas, elas produzem vibrações e, com o tempo, acabam se deteriorando.

Na manutenção preditiva, o nível de vibrações é usado para observar a atual situação das peças e conferir qual é o momento certo para trocá-las. Para esse trabalho são usados aparelhos específicos de medição — os analisadores de vibrações.

2. Análise dos óleos

Tanto na parte hidráulica quanto mecânica do automóvel, essa análise permite observar a hora certa de trocar o óleo do carro. Assim como em todos os outros tipos de manutenção, a verificação do óleo é essencial para garantir o bom funcionamento do veículo e evitar maiores danos no futuro.

3. Análise do estado das superfícies

A terceira análise da manutenção preditiva funciona como um complemento do estudo das vibrações, feita a partir da observação dos equipamentos em si. Caso o profissional encontre desgastes ou anomalias que possam afetar o funcionamento das peças no futuro, é preciso descobrir se é necessário fazer uma troca ou algum tipo de reparo.

4. Análise estrutural

Por fim, são analisadas todas as estruturas do veículo que precisam resistir a algum tipo de impacto ou carga na direção. O estudo estrutural vai detectar a existência de trincas, fissuras, rachaduras, vazamentos, entre outras avarias no carro.

A relação da manutenção preditiva e o aluguel de veículos

Frente a um mercado cada vez mais competitivo, a manutenção preditiva é essencial para garantir a qualidade de uma frota de veículos, evitar problemas no futuro e fazer com que seus objetivos no negócio sejam alcançados mais rapidamente.

E se você está pensando em optar pelo aluguel de veículos, pode ficar tranquilo — a manutenção preditiva é prevista em contrato e é de responsabilidade da própria locadora.

Se o carro apresentou algum problema em um aluguel de carros regular, por exemplo, basta apenas realizar o pagamento da indenização por custos operacionais e o veículo será substituído por outro em perfeitas condições — o que pode se mostrar ainda mais vantajoso para sua empresa, tanto ao pensarmos em praticidade quanto financeiramente.

Quer ficar por dentro de mais informações relevantes sobre o universo automotivo? Assine agora mesmo a nossa newsletter e receba em seu e-mail dicas e orientações para o seu carro

Escreva um comentário