O deslocamento de funcionários pode ser motivo de preocupação em muitas empresas, não é mesmo? Afinal, nem sempre é fácil encontrar as melhores soluções para resolver esse tipo de demanda.

Não por acaso, gestores têm pensado cada vez mais em como lidar com essa necessidade em suas organizações. Nesse sentido, um plano de mobilidade em viagens corporativas pode ser de grande utilidade.

Pensando nisso, desenvolvemos este artigo. Durante a leitura, você encontrará um passo a passo para elaborar um plano eficiente e otimizar essa questão em seu negócio.

Vamos lá?

O que é um plano de mobilidade para viagens corporativas?

Antes de tudo, é importante desconstruir a ideia de viagem. Muitas vezes, imaginamos que as viagens são apenas deslocamentos longos, nos quais é preciso percorrer muitos quilômetros para se chegar ao destino final.

No contexto corporativo, é preciso olhá-las como qualquer ato de locomoção. Isto é, se você precisa sair do seu escritório para conversar com um cliente no centro da cidade, isso pode ser considerado como uma viagem corporativa. O mesmo se aplica a deslocamentos para municípios vizinhos, visitas a filiais da empresa e assim por diante.

Portanto, todo e qualquer trajeto — aéreo ou terrestre — pode ser classificadas como viagem corporativa desde que tenha uma motivação empresarial, mesmo os deslocamentos de curta distância.

Como elaborar um plano de mobilidade em viagens corporativas?

Entenda suas necessidades

O primeiro passo na elaboração de seu plano de mobilidade consiste em identificar as necessidades de sua empresa em relação às viagens. Para isso, tente responder às seguintes questões:

  • Quanto tempo o carro da empresa — caso haja um — roda?
  • Qual é o tipo de deslocamento feito?
  • Qual é a frequência de viagens corporativas?
  • De quais formas elas são feitas, na maioria das vezes?
  • Qual é o trabalho associado a essas locomoções?

Analise todos os aspectos

Agora que você já sabe quais são as demandas gerais associadas às viagens, é importante considerar outros aspectos.

Imagine que um de seus colaboradores precisou viajar para outro estado do Brasil. Para chegar até lá, ele pegou um avião. Ao desembarcar, se viu na necessidade de alugar um carro, mas não sabe ao certo qual modelo ou plano de aluguel escolher.

Nesse caso, o ideal seria ter um planejamento prévio para analisar todos os fatores envolvidos no deslocamento desse colaborador em outro estado.

  • Ele fará trajetos curtos ou longos?
  • Passará muito tempo com o veículo andando ou se deslocará pontualmente, apenas?
  • Ele precisará carregar equipamentos pesados ou grandes?
  • A prioridade é economizar com o combustível ou proporcionar o máximo de segurança e potência?

Considere todos os aspectos da viagem

Um plano de mobilidade deve considerar não só o início e o fim do trajeto, mas também os pormenores de todas as viagens, como:

  • tempo;
  • frequência;
  • trajeto.

Não basta, por exemplo, escolher o modelo de veículo corporativo ideal. Nesse cenário, vale a pena conversar com o gestor financeiro da corporação para entender se vale mais a pena fazer aluguéis diários ou contratar um plano mensal.

Também é imprescindível entender se mais de um funcionário fará a utilização do veículo e qual é o melhor tipo de carro para as necessidades da empresa. Afinal, nem todos os automóveis são indicados para locais de difícil acesso, trechos com estradas de terra etc.

Entenda a variação das demandas

Muitas vezes, é quase impossível estipular quais serão as demandas durante o deslocamento de uma equipe ou de um colaborador. Algumas exemplificações disso podem ser notadas se o cliente precisa remarcar uma reunião. Ainda pode surgir a necessidade de contar com um veículo que tenha capacidade para mais pessoas.

Desse modo, tenha em mente que uma frota própria não é passível dessas alterações. Sendo assim, um bom plano de mobilidade conta com soluções que podem ser adequadas conforme as necessidades da empresa se modificam.

Escolha o melhor custo-benefício

Reduzir custos corporativos é o objetivo de muitos gestores — um plano de mobilidade devidamente planejado permite alcançá-lo. No entanto, para chegar a esse ponto, você não só deve analisar as viagens (curtas ou longas, recorrentes ou não etc.), mas também as vantagens oferecidas por cada uma das soluções disponíveis no mercado.

No próximo tópico, mostraremos algumas das principais soluções para a mobilidade de sua empresa.

Quais são as soluções para viagens corporativas?

Aviões

Para viagens internacionais, os aviões são as melhores alternativas. Voos domésticos também são uma opção, mas podem ter custos demasiadamente altos. Para valer a pena, as passagens precisam ser compradas com bastante antecedência. Funciona em longo prazo, mas não oferecem nenhuma flexibilidade.

Táxis e aplicativos de mobilidade

Táxis e apps de mobilidade urbana são recomendados apenas para trechos muito curtos. Resolvem questões pontuais, mas também não se apresentam como soluções efetivamente flexíveis, porque não se adaptam à sazonalidade de demandas da empresa. Além disso, os custos são elevados em relação aos benefícios oferecidos.

Carros alugados

Para fazer um plano de mobilidade realmente eficaz e adaptável, a utilização de carros alugados desponta como a melhor saída. Afinal de contas, essa opção tem o melhor custo-benefício e ainda é flexível.

Uma das melhores soluções no mercado é a ferramenta WebCorp, da Localiza Hertz. Por meio dela, você pode gerenciar o aluguel de carros diários, mensais e temporário — tudo pela internet. Também é possível estabelecer o processo de solicitação e aprovação das reservas dentro da própria empresa.

Com ele, você pode dar autonomia para que um colaborador reserve apenas veículos de uma categoria específica, por exemplo. Além disso, também há como acompanhar os detalhes de todas as reservas realizadas.

Com a WebCorp, você pode dar liberdade para que outros usuários aprovem uma reserva, validando e autorizando a retirada dos carros. Você também pode fazer uma gestão completa dos carros e verificar quais contratos estão em aberto, custos relacionados a multas, lavagens, combustível e assim por diante.

Com um painel totalmente amigável, você saberá de tudo o que está acontecendo, conhecendo o início, o meio e o fim do processo.

Trata-se, portanto, de uma solução completa para desenvolver o seu plano de mobilidade em viagens corporativas. Nela, ainda é viável extrair informações para acompanhar KPIs de custos e pensar em soluções para otimizar outros processos da empresa.

Se você gostou do artigo, não deixe de assinar nossa newsletter gratuita para receber conteúdos exclusivos em seu e-mail!

Escreva um comentário